quarta-feira, 28 de junho de 2017

Botafogo Futebol Clube de Jaguaré



Nome : Botafogo Futebol Clube
Fundação : 29 de junho de 1958
Local : Jaguaré
Estádio : Estádio Municipal Centro Esportivo Conilon
Títulos : Campeão Capixaba Série B 2011
Vice Campeão Capixaba Série A 2012

Centro Esportivo Conilon

Fundado em 29 de junho de 1958 o Botafogo Futebol Clube de Jaguaré , nasceu homenageando o homônimo carioca, em 2011 consegue o acesso depois de conquistar o Capixaba Série B, no fim do mesmo ano trocou as cores nome e o escudo, se tornando o Conilon Futebol Clube, um nome fantasia para agradar e agregar a todos de Jaguaré e diminuir as rixas políticas que atrapalhavam investimento da prefeitura, onde uns tinham preferência pelo Jaguaré outros pelo Botafogo. 

A equipe de 1958 se tornou profissional apenas nos anos 90, em 1993 estreou em competições oficiais, conseguiu a vaga na segunda fase na Chave Norte com Mariano de Aracruz, Canário de Pedro Canário, Nacional de Itaguaçu, Real Madri de Colatina e Ferroviária de João Neiva, avançou com 13 pontos em 2º lugar e na semi final acabou enfrentando o próprio Mariano de Aracruz. Na ida ficou no 0x0 em Jaguaré, na volta em Aracruz acaba perdendo por 2x1 ficando de fora da final.

1978 de pé : Pelé. Roberci, Aristide, Bertoldi, Robertinho, Toninho Padeiro, Jadir, Adalberto, Kinkas, Jeovar, Vandeir, Juvercino, Marreta e Chiquinho
Em 1994 a equipe chegava a última rodada brigando pela vaga, depois de vencer Santa Teresa por 1x0 e Real Madri por incríveis 6x0 o alvinegro 8 pontos precisava derrotar o próprio Santa Teresa 9 pontos na última rodada para e torcer contra Canário e Nacional 9 pontos para avançar. Mas em uma partida emocionante perdeu por 5x3 dando adeus a competição.
Em 1995 Botafogo chegava invicto na última rodada depois de 0x0 com Canário, 1x0 no Iunense, 1x1 com Tupy, 1x0 no Capixaba de Guaçuí, 1x1 com Canário, 2x1 no Iunense e 2x2 com Tupy. A rodada final estava embolada com Botafogo 13 pontos em 1º, Canário e Capixaba 12 pontos. O Botafogo tinha a vaga na mão pois jogava pelo empate para conquistar a vaga, mas em campo foi derrotado pelo Capixaba por 1x0 e viu a vaga na Série A ir embora com empate do Canário em 0x0 com Tupy, o Botafogo tinha 2 gols de saldo contra 4 do Canário.

Botafogo em 1995 de pé : Renato, Luciano, Baiano, Marcos Soares, Fresquinha, Luís, Peu. Agachados, Marinho, Bigode, Paulo, Amilton e Jorginho Schilate.
Após desistir de disputar a Série B em 1996 em 1997 fez uma campanha horrível, perdeu todas as 6 partidas marcando apenas 3 gols sofrendo 19.

Só voltaria a jogar profissional em 2011, na Série B de 2011 fez uma campanha irretocável, liderou a 1ª fase praticamente de ponta a ponta, foram 12 partidas e apenas uma derrota. Destaque para os 5x0 no Atlético Itapemirim, destaque para Marco Alagoano que marcou 3 vezes. Neste estadual as 6 equipes se enfrentaram em turno e returno com os dois melhores da 1ª fase subindo para série A do ano seguinte e fazendo a final.
A vaga na Série A veio já na 8ª rodada, após empatar com o Castelo fora de casa em 0x0 o Bota conquistava a vaga com duas rodadas de antecedência. 
Agora era ir em busca do título inédito, o Real Noroeste único a derrotar o Botafogo na 1ª fase foi vice líder apenas 1 ponto atrás na tabela, mas no outro encontro  o Fogão aplicou 3x0 no Real Noroeste em Jaguaré com 2 gols de Paulinho Pimentel conhecido como Wayne Rooney capixaba.
Na partida e ida no Estádio José Olímpio da Rocha empate em 1x1, com Willian marcando para o Real Noroeste e Pavão para o Botafogo.
Na partida de volta o empate bastava para o Botafogo, mas quem disse que eles jogaram com regulamento em baixo do braço? Naquele 11 de junho o Botafogo atropelou sem dó o Real Noroeste no Estádio Poliesportivo Conilon em Jaguaré. Pavão aos 5 minutos começou o massacre, Paulinho Pimentel aos 23 minutos e Marco Alagoano aos 30 deixaram o Botafogo com 3x0 no placar ainda no primeiro tempo. 
Na 2ª etapa Marco Alagoano aos 32 minutos e Santos aos 34 encerraram a grande goleada por 5x0 que valeu o 1º título do Botafogo.
Curiosidade é que o Botafogo teve os 3 artilheiros da competição, Pavão marcou 7 vezes, enquanto Paulinho Pimentel e Marcos Alagoano marcaram 6. 
Na Copa Espírito Santo estreou com 0x0 com Vitória, venceu Linhares 2x0, 0x0 com Espírito Santo, 3x1 no Real Noroeste, 0x0 com Vitória, primeira derrota 4x0 para Linhares, 1x1 com Espírito Santo, na última rodada derrotou o freguês Real Noroeste em Águia Branca mas acabou de fora devido 1 gol, como tinha 8 gols pró e 7 contra foi eliminado pois o Vitória tinha 9 marcados e 7 sofridos.

Campanha
Turno
Atlético Itapemirim 1x3 Botafogo
Capixaba 0x1 Botafogo
Botafogo 1x1 Castelo
Real Noroeste 3x2 Botafogo
Botafogo 2x0 GEL

Returno
Botafogo 5x0 Atlético Itapemirim 
Botafogo 1x1 Capixaba
Castelo 0x0 Botafogo
Botafogo 3x0 Real Noroeste 
GEL 0x2 Botafogo 

Final
Partida de ida
Real Noroeste 1x1 Botafogo

Partida de volta
Botafogo 5x0 Real Noroeste

No ano de 2012 o Botafogo passou a usar o nome Conilon Futebol Clube e mudou de preto e branco para branco, vermelho e verde, no estadual começa com 1x1 contra Vitória, perde por 3x2 para Rio Branco 0x0 com Aracruz, sua primeira vitória é um 5x2 no Serra em pleno Robertão, volta golear agora o São Mateus 3x0, empata duas em 1x1 Colatina e Linhares, goleia o Espírito Santo 3x0, 2x1 no Real Noroeste, muda nome cores mas segue se dando bem contra o rival.
No returno a campanha é muito semelhante, fica no 1x1 com Vitória, perde outra para o Rio Branco, mas desta vez derrota de 5x1, fica no 1x1 com Aracruz e goleia o Serra novamente agora 4x0, vence São Mateus 2x0, aplica 6x3 no Colatina, perde por 2x1 para Linhares mas recupera aplicando 5x0 no Espírito Santo, esta vitória vale a classificação para a semi final pois o Linhares que perdeu 6 pontos não alcançaria mais a equipe na tabela, já classificado perde por 2x1 para Real Noroeste.
Na semi final encara o Rio Branco líder da 1ª fase, em Jaguaré com gols de Paulinho Pimentel e Edu vence por 2x1 com Ronicley. 
Na volta o Rio Branco com Leandro Souza e Ronicley consegue marcar duas vezes, mas Conilon contava com Paulinho Pimentel inspirado que marcou duas vezes e com Ricardo Paraíba e Marco Alagoano o time da terra do café vence por 4x2.
Na final Conilon x Aracruz, na partida de ida Edu e Léo mararam para o Conilon com Euller diminuindo para o Aracruz. A volta o empate dava o título inédito a equipe, mas que se viu foi um Aracruz dominando e o Conilon perdido em campo resultado derrota de 4x1 e ficando com o vice. Além do vice o Conilon contou com artilheiro da competição Paulinho Pimentel com 18 gols. 

Em 2013 vence Linhares por 2x1, perde para a Desportiva por 2x0, vem o Real Noroeste e resultado vitória do Conilon por 4x1, no reencontro com o Aracruz após a final de 2012 perde por 3x1, sofre 1x0 do Vitória e recupera marcando 4x0 no São Mateus 3x0 no Rio Branco e no Espírito Santo, mas depois entra em uma sequência ruim, 1x1 com Estrela do Norte, derrota por 1x0 para Linhares que é a pedra nas chuteiras do Conilon e perde por 2x1 para a Desportiva, de novo encara o Real Noroeste e vence 3x1 mas perde para o Aracruz 1x0, vence Vitória por 3x1, 1x1 com São Mateus, 2x0 no Rio Branco, esta vitória deixou o Rio Branco muito perto do rebaixamento em pleno seu centenário, na vitória por 3x1 sobre o Espírito Santo garante vaga matemática, fechando a 1ª fase  vence o Estrela do Norte por 2x0.
Na semi final encara a Desportiva em Jaguaré que sai na frente com 
 David Denner aos 21 do 1º tempo, só na 2ª etapa Paulinho Pimentel aos 24 empata tudo terminando a partida em 1x1.
Agora o Conilon teria que vencer e logo aos 3 minutos fez 1x0 com Paulinho, aos 19 Ramires de pênalti fez oque parecia inimaginável, abre 2x0 em pleno Engenheiro. Mas a 2ª etapa reservou uma virada incrível da Desportiva, Evandro logo a 1 minuto de jogo, aos 17 contou com gol contra de Ronis para ficar tudo igual, e para completar aos 41 David Dener fez 3x2 Desportiva fechando o placar encerrando a chance de voltar a final novamente.

Em 2014 o Conilon foi para as mãos de empresários que prometeram time competitivo e com nome de peso, este nome foi Adriano Gabiru o mesmo que marcou o gol do título mundial do Internacional/RS em 2006 sobre o Barcelona/ESP, venceu a Desportiva na estreia por 1x0 gol justamente de Gabiru em lance semelhante ao gol daquela final, mas o time foi punido com a perda de pontos por causa de escalação irregular nesta vitória, e as promessas de time competitivo ficaram apenas nas entrevistas, perdeu 9 partidas consecutivas, eis que na terceira rodada do returno a equipe decide abandonar o estadual perdendo todas as partidas seguintes por W.O placar de 3x0, a equipe por abandonar competição em curso foi punida pela FES com 2 anos impedida de disputar competições oficiais.




Botafogo entre as décadas de 70 e 80


Ex jogadores que marcaram época no alvinegro


Botafogo em novembro de 1989
Botafogo em novembro de 1989


Botafogo vs Canário Série B 1994 





Modelo utilizado na Copa Espírito Santo 2011 


Escudo adotado pelo Conilon Futebol Clube


Botafogo titular

Botafogo reserva


Modelo titular do Conilon



Modelo reserva do Conilon

Nenhum comentário:

Postar um comentário